31 março 2017

"É tipo uma lista de presentes"

As primeiras palavras trocadas entre Park e Eleanor, de Eleanor & Park da Rainbow Rowell, foram "Então, você gosta de Smiths?", depois de reparar que ela tinha escrito How Soon is Now? no próprio livro. E não é que ela nunca tinha ouvido?
– É tipo uma lista de presentes. 
– O quê?
– São canções que eu queria conhecer. Ou bandas que queria conhecer. Coisas que parecem ser interessantes
Com isso em mente, deu vontade de revirar meus livros da época da escola e ver que músicas eu tinha rabiscado nas beiradas das páginas e gostava época. Procurei pelos mais antigos e resolvi separar as que eu tive que pensar um pouco mais pra lembrar qual era ou que tinham algum significado especial.

 Cause I'm that jealous girl

Você provavelmente deve lembrar da primeira música chiclete do Justin Bieber. Sim, estou falando de Baby. Lembra do videoclipe - aquele clipe do boliche, em que ele levava vários foras, e tinha uma disputa de dança e os dois saem de mãos dadas no final? A garota em questão é Jasmine V, e ela também é do mundo da música (tanto que ela entrou em turnê com o Justin quando ele começou a fazer sucesso). Eu gostava tanto das músicas dela lá quando tava na 7ª série! E acho que me identificava um pouco com Jealous, que obviamente é sobre ser uma menina ciumenta e tal, naquela época.

Our love is like a song

Quem nunca foi apaixonado pela Demi Lovato, né? Sempre achei essa mulher maravilhosa e naquela época então nem se fala! Se eu não me engano eu gostava de um menino da minha sala na 7ª série e nós éramos até amigos (mas não muito), então vivia escrevendo coisas apaixonadinhas pelo canto das páginas. But somewhere we went wrong; we were once so strong. Our love is like a song. You can't forget it 💖

Your love is a lie

Então né, eu tive essa fase da minha vida onde tudo era melodramático. Não consigo me lembrar direito como cheguei até essa música, mas gente, como eu amava Simple Plan quando tava na 6ª série! Acho que é porque era a banda mais melodramática que eu conhecia naquela época. Pra entender um pouco do que eu tô falando, ouça Astronaut, ou Perfect (tem uma versão bem mais dramática e brega dessa música em português chamada Um Drink No Bar - um verdadeiro clássico aqui onde eu moro).

Cause you're amazing just the way you are

Que saudades de ver o Bruno Mars fora dessa vibe ostentação e cheia de dancinhas que ele tá hoje. Amava a mensagem que Just The Way You Are transmitia, sobre essa coisa de gostar de cada pequeno detalhe da outra pessoa. Aliás, tava aqui vendo o vídeo dessa música e MINHA GENTE QUE VÍDEO LINDO!!!

I may seem crazy or painfully shy. And these scars wouldnt be so hidden if you would just look me in the eye.

A maior rainha do drama aos 13 anos que você respeita! Se eu não me engano essa música tocava em alguma série, mas conheci ela quando ouvi a playlist de alguém no tumblr. Aí pronto. Nada me definia melhor do que essa música da Plumb.

Will come back? No one knows.

Foi chocante pra mim a notícia de que a Christina Grimmie tinha sido assassinada ano passado. A primeira coisa que me veio a mente foi em como eu gostava de um cover que ela tinha gravado com o Sam Tsui cantando Just a Dream. E o Sam gravou uma versão da mesma música em homenagem à ela. Quase chorando, mas gravou.



***

Engraçado como as músicas que gostamos podem marcar tanto uma época da nossa vida, né?
Mas e você, que tal revirar alguns livros antigos e relembrar um pouco de que você era (e, provavelmente, ver que melhorou com o tempo)? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário