01 novembro 2015

7 chaves

Ela me disse que o destino é cretino
Ele não disse nada
Não quis saber de nada
Nem ligou pra nada

Ela era meiga e o amava
Ele era o cravo
O cravo apaixonado que a amava também

Mas a força do além
Onde mora o aquém
Onde tudo fica bem
O presente os repara

Ele amava Ana, que amava João
Ela ama só ele, e só a ele pode amar
Não entendo esse amor que é amizade
Não se era só vaidade
Só sei que viviam

Uns olhavam e logo criticavam
Mas ele não ligava e mesmo assim
A amava

2 comentários:

  1. ok ok vc nao desiste né mana valeu... beijos voce e demais
    ass.. maru

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desisto não, Marú. Desisto não.
      Um beijo ;*

      Excluir