14 abril 2015

5 alguma coisa • versões do Sam Tsui

Se você me conhece bem, sabe que eu tenho uma quedinha não tão pequena por caras asiáticos. E se você juntar isso com o fato de que eu sou apaixonada por covers, o resultado será: Samuel Tsui. Sam cresceu a uma quadra de distância de Kurt, seu parceiro de youtube e meu produtor favorito (o que provavelmente vocês já sabem). Além de medleys e mashups, Tsui também já teve várias de suas músicas originais em comerciais, inclusive pra KIA e pra Coca Cola. Mas uma coisa que ele faz e eu curto pra caramba é: fazer uma música de balada ficar romântica! Por isso, resolvi listar as minhas 5 versões favoritas desse tipo.
Um hit de 2014, #SELFIE, dos Chainsmokers. que é na maior parte instrumental com seus versos literalmente falados por Alexis Killacam, ganhou sua versão no piano do Sam. Essa versão fez a música até parecer romântica por alguns instantes. Tenho que confessar que antes da versão do Sam eu não entendia nada além de *let me take a selfie*.

Na voz de John Martin, Don't You Worry Child, do SHM. esteve nas paradas de sucesso das rádios brasileiras em 2013. Existe um monte de covers dessa música, isso é fato. Mas um fato que faz com que esse seja um dos meus favoritos (além da voz suave do Tsui): KURT E SEU PIANINHO! Ah, e repararam o céu cor-de-rosa lá atrás? Amo quando o céu fica assim <3 (informação desnecessária, eu sei, mas eu tinha que dizer).

In The Dark, da DEV, era uma das minhas músicas favoritas em meados de 2011, que foi o mesmo ano em que eu comecei a ouvir as versões do Tsui. Transformar as batidas dançantes nessa coisa meio gótica-suave foi uma coisa até boa. Sem contar que a própria DEV aparece no final, então né.

We Found Love, escrita e produzida pelo Calvin Harris e original na voz da Rihanna, que bateu o recorde por está ao mesmo tempo na liderança do iTunes em 29 países, com certeza é meu favorito. A música que tocou em baladas ganhou um toque mais sentimental em seu refrão pra lá de sentimental. We found love in a hopeless place...

Hold It Against Me, da Britney, com certeza é um épico, mas eu tenho que dizer que vi primeiro a versão do Tsui, e que gostei mais dessa versão. E, gente, toda vez que eu ouço essas batidas perfeitas dos dedos do Kurt acabo me apaixonando ainda mais. Sem contar que o Tsui passa um sentimento que é até difícil de explicar.

E você, já se apaixonou por alguma versão romântica de uma música de balada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário